Publicado em 1 comentário

Obrigado. O caminho já não é tão longo e a diversão é a única certeza

Tá bem, nada ė tão simples quanto imaginamos, mas nem tão complicado.

Estamos próximos do fim do tratamento da Andi e única certeza que tenho é que todo apoio que recebemos foi uma benção – Divina e Humana.

Olhar minha esposa caminhando comigo, e sendo quem Ela sempre foi, é uma benção!

Claro que as coisas não são como sempre foram: nunca serão pois a única certeza é a mudança, a transição.

Mas isso não me impede de ver a beleza delas em cada detalhe. Brinco comigo mesmo: Deus (a Luz, a Energia, o Grande, enfim seja la como você chama Ele) está nos detalhes, em cada detalhe.

Ela está aqui do meu lado, lendo um livro: agradeço à Deus pela oportunidade. Não preciso olhar pra ela e dizer isso, Ela sabe disso. Todas as noites agradeço por Ela e pelo Dmitri estarem do meu lado. Como não agradecer por isso? Tanto quanto pelas bençãos e rezas que recebemos ao longo deste ano.

De fato, recebemos orações de quase todos os continentes durante este ano, e, isso ajudou a Andi a se recuperar de forma muito rápida: em 2 semanas após a cirurgia ela estava caminhando comigo, sem dores, sem complicações. Obrigado, você nos ajudou a construir esse cenário.

É engraçado

Mas a certeza que a morte nos espreita nos faz sermos diferentes do que costumeiramente somos: mudamos de hábitos, desejos e sonhos com um estralar de dedos – Simplesmente porque lembramos do óbvio – Nossa passagem aqui é rápida e efêmera.

E ainda assim não desistimos de ser quem realmente somos.

Ainda bem!

O simples, como sabes, não é o mais fácil

O óbvio te cerca: e ainda assim o ignoras. Por que? Porque temos o desejos de complicar o simples, de deixar tudo o mais complexo possível pois assim desejamos. Anseio e desejo se confundem pela nossa falta de atenção e foco.

A atenção aos detalhes te traz percepções únicas e que não deverias ignorar. Por que ignoras isso?

Uma música, um cheiro, um som

Tudo isso te traz memórias que sāo pertinentes ao que vives, e, ainda assim, ignoras. Por que?

Porque estás atordoado com o restante: dúvidas, perguntas, amanhã, trabalho, dívidas… Ilusões, nada além.

Não deixe isso conduzir teus passos.

Você pode definir quais serão teus passos sem se preocupar com estas dúvidas, tanto quanto nós nos deixamos conduzir pelas incertezas da vida. Nada além vale. Dúvidas te movem, e, nos trouxeram até aqui. Nos levarão adiante, com toda certeza. Agarre a incerteza e siga adiante.

Um novo Eu não exige brutalidade

Poderia escrever horas sobre como 2016 me mudou: dos aspectos profissionais aos pessoais teríamos longos dias de conversa, mas, da forma como me vejo sinto que a mudança me faz a cada segundo melhor. Ainda que meus vícios me consumam tenho muito prazer em ser o que sou: Pai, Amigo, Irmão. E mudar como me mudo a todo instante apenas me faz melhor. Na melhor versão que posso ser.

As vezes quieto, as vezes extremo. Mas melhor a todo momento. Fazendo o que acredito que devo fazer.

Me dou o direito de errar conforme preciso. E as vezes preciso muito errar pois ali, naquele momento de erro, sou como deveria ser – Sem ser recriminado por mim mesmo.

Como diz um dos mestres:

Não olhe para o que você vê. Sinta o que a visão faz no seu coração.

E assim sejas além do que achas que podes ser.

Um comentário sobre “Obrigado. O caminho já não é tão longo e a diversão é a única certeza

  1. 💛

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *