Publicado em

O que alimenta tua alma?

O que REALMENTE alimenta tua alma?

O que fazes que te deixa com a sensação que vale a pena estar aqui?

Não tenho respostas para isso, afinal, a vida é tua, mas tenho sugestões que podem te fazer pensar. E só por realizar este exercício já lhe agradeço.

Família

Não importa o tipo de família que tenhas: é certo que estás no berço adequado para aprenderes (e ensinares) o que precisas. A família é a primeira forma de alimentar a alma com tudo que precisas. Com eles – e por meio deles – fazes o que precisas para enriquecer tua experiência neste plano.

Tenho a família que preciso para me enriquecer da forma que preciso – Sem nenhuma exceção eles me fazem melhor a cada dia.

Amigos

Alguns tem muitos, outros poucos, mas, a única certeza que tenho deles é que cada um deles me faz a melhor versão a cada interação – Praticamente os amigos são a família que tivemos o privilégio de escolher.

Carrego comigo alguns que há mais de 20 anos estão ao meu lado: é duro manter uma relação neste prazo, mas eles me enchem de honra por cada palavra que proferem em nosso incentivo. De palavras escritas aos momentos mais intensos como um beijo é assustador o que se pode conseguir por meio destes anjos.

Dúvidas

São elas que atormentam? OK, mas elas também te movem a outros patamares.

Dizes a ti mesmo: “Faço isso ou faço aquilo?”

Percebes o poder que tua dúvida tem perante ti mesmo? E o quanto isso te faz se desenvolver numa versão ainda melhor de ti mesmo?

Duvidar é a melhor forma de se recriar.

Agradecer

Simplesmente agradeceres por estares vivo e aqui é uma benção. E talvez este seja o maior alimento que tua alma possa merecer. Ter gratidão pela vida vai em direção ao infinito quando a escala de gratidão é correta.

Agradecer tem origem no latim obligare, “ligar por todos os lados, ligar moralmente”, ou seja de alguma forma você está conectado àquele ato. Por fim, são as conexões que nos movem.

E pra você? Quais são os alimentos que realmente nutrem a tua alma?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *